• Telefone

Dicas para Locatários

Fechaduras

Troque o segredo de pelo menos em uma das fechaduras da porta principal, pois outras pessoas também visitaram o imóvel.


Manutenção do Imóvel

De acordo com o estudo sobre a manutenção do imóvel, os defensores e especialistas sobre o direito imobiliário, dão a seguinte dica para simplificar o problema: quando as obras são para a manutenção do imóvel, a responsabilidade é de quem o está utilizando, ou seja, do inquilino; quando, entretanto, as obras são estruturais, quem deve arcar com os custos é o proprietário.

A partir do recebimento das chaves, o Locatário(a) estará na posse do imóvel, e, é responsável por tudo que ocorrer no imóvel a partir daquele momento. Estará sob sua responsabilidade a manutenção de toda estrutura do imóvel; manutenção, limpeza geral do jardim, das calhas, graxeiros, ralos, manutenção do sistema elétrico, hidráulico, telhado, pintura e todas as demais obrigações que fazem parte da manutenção, a fim de manter a integridade do imóvel, nas mesmas condições como lhe foi entregue.


Instalações Hidráulicas

O abastecimento de água e feito através de tubulações, geralmente enterradas ou embutidas nas paredes, alimentadas a partir de uma concessionária, que fornece o produto já tratado. Após passar pelo cavalete e hidrômetro, é alimentada a(s) caixa(s) d’água, que posteriormente abastece os pontos de consumo através de tubulações (PVC, cobre, e ferro, etc).

A distribuição de água para as peças passa basicamente nas paredes e possuem registros que comandam o fluxo. Para evitar a falta de água, alguns pontos devem ser observados:


Águas Pluviais

As águas pluviais são captadas pelas calhas e valas existentes nas lajes de coberturas, ralos de terraços, sacadas e áreas externas, são levadas por tubulações, que seguem rede de água pluvial.

Os ralos externos e as caixas de inspeção de drenagem também devem ser limpas periodicamente. È importante, semanalmente ou prenuncio de chuvas, fazer uma inspeção na cobertura, verificar a limpeza dos ralos e calhas. Orientar as pessoas para quando fizerem a limpeza não jogarem lixo ou detritos nos ralos, que poderão casar entupimento das tubulações (especialmente imóveis que no terreno tem árvores mais altas e as folhas e galhos possam vir a entupir o telhado e as calhas).


Esgotos

Estas redes encontra-se em sua maior parte, aparentes sobre o forro falso dos banheiros e lavabo. Alguns cuidados devem ser tomados para evitar danos que poderão resultar em transtornos.


Louças Sanitárias

O vaso sanitário requer cuidado, pois o entupimento do mesmo acarretará problemas. Por isso, evite jogar quaisquer objetos, tais como: papel, absorventes, algodão, cabelo, etc. Cuidado para que não venham a cair saches perfumados para vaso sanitário.


Ralos

Verifique os ralos, providenciando sua limpeza, retire qualquer material que possa vir causar entupimento e odor (palitos, cabelos, panos, etc.). Convém lembra que por falta de limpeza ou evaporação de água no ralo, poderá provocar mau cheiro. Conserve-os sempre com água. Usar sempre detergente neutro. Nunca use espátula ou qualquer material contundente (como barra de ferro, de vassoura, etc.), pois poderá danificar o ralo.


Sifões

Se o material é PVC, basta apertar o sifão para desentupir pequenos resíduos. Recomenda-se todas as noites, ligar a torneira de água quente durante alguns minutos, para ajudar a remover a pasta que se forma no contorno do sifão, produzido pelos saponáceos e cabelos. É necessário, periodicamente, remover o sifão para limpeza geral e desobstrução de detritos acumulados. Se o material é metálico, desrosquear o copo e fazer limpeza periodicamente, seguindo o mesmo procedimento acima.


Caixa de Gordura

Sempre utilize a tampa do ralo da pia da cozinha para evitar acúmulo de resíduos na caixa. A limpeza deve ser realizada no mínimo a cada dois meses. Evite a utilização de soda ou produtos muito abrasivos durante a limpeza, estes podem deteriorar os canos e a própria caixa.


Metais

Usar sempre detergente neutro e um pano para a limpeza. Não usar produtos abrasivos, pois podem danificar o acabamento.


Cubas

Evite grande quantidade de louças ou outros objetos dentro das cubas de sua pia, pois podem provocar descolamento ou desprendimento da banca por excesso de peso. O mesmo cuidado deve ser observado, caso seja instalado triturador. Na instalação do triturador, é necessário a utilização de uma base, de forma que este aparelho não fique suspenso na cuba da pia.


Torneiras

Quando a torneira apresentar pouca fluidez de água, desrosquear a peneirinha da torneira que retém detritos e que podem dificultar a passagem de água. Limpar bem e rosquear novamente.

Verificar, também, se o registro de gaveta está bem aberto. Obs.: Quando realizar a abertura e o fechamento de registros, seja de torneiras ou registros de gaveta, fazê-lo com maior cuidado possível sem apertá-los demasiadamente, pois poderá danificá-los.

Nunca feche torneiras com muita força, pois elas podem ter seu eixo centrar danificado. Troque imediatamente o vedante das torneiras que não estejam fechando corretamente.

Cuidado com a válvula hidra: se ela estiver desregulada, pingando ou vazando água no vaso ininterruptamente, chame, imediatamente, um técnico, pois poderá causar excesso de consumo de água e a inutilização da válvula.


Aquecedores a Gás

Todos os anos chamem um técnico para fazer a limpeza e a substituição das peças desgastadas pelo uso. Lembre-se de que os aquecedores liberam gases tóxicos que podem ser fatais.


Chuveiros

Verifique se a instalação elétrica está correta, aterrada e protegida, se a grelha não apresenta sujeira, e, a potencia (temperatura) está adequada à época do ano.


Piscinas

Remova os cabelos e outros resíduos das grades dos dispositivos de sucção para que não sejam obstruídos, não utilizar produtos abrasivos, esponja de aço, pano com resíduos. Isso pode danificar o revestimento. Para uma limpeza rápida, passe um pano úmido com álcool em toda a piscina.


Caixas D’Água

A limpeza da caixa d’água deve ser feitas semestralmente por firmas especializadas, inclusive protegida contra ratos, se for o caso. Deve ser mantida com tampa, e protegida do acesso de crianças, mosquitos e animais.


Instalação de Gás

Se houver problemas, deve ser feita a manutenção e/ou reparo com a empresa especializada, responsável pela instalação da mesma e credenciada pela fornecedora de gás.


Instalações Elétricas

Sempre verifique o disjuntor no quadro de entrada de luz e se este é compatível com o solicitado pela AESsul. Caso contrário providencie a colocação do disjuntor adequado.

Pequenos reparos em tomadas, interruptores, pontos de iluminação e chuveiros elétricos devem ser providenciados pelo inquilino. Mas sempre aconselhamos chamar um bom eletricista.

Não esqueça, antes de ligar qualquer aparelho, certifique-se da voltagem da rede elétrica.

Os quadros de distribuição geral, com disjuntores termomagnéticos para proteção dos circuitos e interruptor diferencial para proteção geral saem à distribuição para os demais disjuntores do quadro são recomendados, que devem estar localizados em local de fácil acesso e bem sinalizados.

Quando faltar energia elétrica ou luz, verifique primeiramente se a lâmpada não está queimada ou mal atarraxada. Em seguida, dirija-se ao quadro de distribuição e, verifique outra vez a lâmpada. Caso o disjuntor volte a desligar, procure um profissional capacitado, pois existe algum curto circuito na instalação.

Na falta de energia em seus aparelhos elétricos, verifique se o problema é do aparelho e posteriormente, siga a orientação anterior. Se o defeito persistir (chame um técnico).


Esquadrias de Alumínio

Para retirar poeira, uso apenas flanela ou pano seco. Para limpar a sujeira, passe um pano com água e sabão, secando em seguida. Para remover tinta, graxa, massa de vedação (use produto que seja indicado para essa finalidade). Para limpeza, nunca use de palha de aço. Recomenda-se periodicamente efetuar limpeza. Não retirar, no ato da limpeza, os mastigues de vedação externa, aparentes, pois pode haver infiltração de umidade.


Esquadrias de Madeira

Para dar melhor proteção e brilho, recomenda-se fazer enceramento periódico, sendo que os vidros e vidros jateados das portas podem ser limpos com pano umedecido em água. O fechamento brusco, com impactos, das portas pode ocasionar rachaduras na parede ao contorno destas portas.


Gesso

Os forros de gesso recebem uma camada de antimofante junto com a pintura. Nos banheiros, devido ao vapor d’água, é necessário fazer circulação de ar, através da abertura das janelas, após o uso do chuveiro. Isto evitará que o vapor condense no forro – impedindo a formação de mofo.


Paredes

Para evitar o aparecimento de mofo, recomenda-se: efetuar limpeza periódica ou contratar profissional que saiba identificar a causa do problema, e possa indicar o produto especifico para executar limpeza, como também seja alguém capacitado para execução do serviço na aplicação dos produtos indicados.


Tintas

Para remover manchas de paredes, pintadas a base de Tinta Acrílica: Usar detergente neutro e limpar com pano úmido.

Tinta a base PVA: Limpar com pano úmido sem aplicar muita força para não remove toda camada de tinta.

Tinta a base Esmalte e tinta a base de Óleo: Usar detergente neutro e limpar com pano úmido ou usar solvente.


Limpeza de Pisos

Evite limpar pisos e paredes revestidas de material cerâmico com vassouras de piaçava ou escova, porque estas removem o rejunte, provocando infiltração em outros cômodos ou em outro apartamento.

Para limpeza de pisos cerâmicos e azulejos, usar produtos a base de amoníaco, misturado com água, de acordo com as instruções na embalagem do produto. Secagem do piso, passar um pano umedecido com álcool para dar brilho.

Para limpeza de juntas encardidas, usar detergente neutro, misturado com 10% de água sanitária.

Para limpeza de pisos, paredes e tampos em granito ou mármore deve-se usar sabão neutro. Após secar, passar um pano macio embebido em álcool, polindo em seguida para dar brilho.

Para remoção de manchas em tapetes e carpetes procure o revendedor autorizado.


Revestimento em Pedra, Porcelanato e outros

Deve-se tomar precauções quanto a manutenção e uso destes, prevenindo possíveis contatos com produtos químicos, como solvente, ácidos, tintas e canetas tipo pincel atômico ou hidrocor, chimarrão, vinho, etc., pois estes produtos penetram nos poros das pedras/pisos ocasionando manchas irreversíveis.

Não usar produtos abrasivos de limpeza, como sapólio ou esponja de aço, pois estes produtos comprometem o acabamento/polimento das pedras.

Deve-se evitar impactos diretos sobre estas pedras de revestimento, a fim de evitar quebras.


Prevenção de Roubos

Algumas ações simples podem ajudar a evitar surpresas desagradáveis no retorno ao lar, como arrombamentos e assaltos à residencias, quando permanecemos longos períodos fora de casa (férias, feriados prolongados, viagens, etc).


Sistemas de Segurança

Use algum sistema de segurança. Já existem no mercado sistemas de segurança, dos mais simples aos sofisticados, que funcionam como anjos da guarda.

Além dos tradicionais alarmes ligados a uma central – que disparam quando qualquer movimento é detectado na área protegida – há também dispositivos mais modernos, como sistemas de tele-vigilância, nos quais é possível visualizar as imagens de sua casa de qualquer lugar do mundo, através da internet.


Medidas Básicas de Segurança

São medidas simples e que não pesam nada no seu bolso, mas que podem garantir férias e ausências de casa mais tranquilas.